Apresentada a Versão Final do Trabalho em Jogo

No dia 14 de junho, na sala de reuniões da AMATRA XV, ocorreu reunião referente ao Programa TJC – Trabalho, Justiça e Cidadania, destinada à apresentação da versão final do “Trabalho em Jogo”, um jogo de tabuleiro com conteúdo jurídico, precipuamente, de Direito Constitucional, Direito do Trabalho e sobre a Justiça do Trabalho, encomendado para uso junto aos parceiros do Programa (para ver a notícia sobre o lançamento desse jogo, clique aqui).

Presentes os Juízes Alexandre Alliprandino Medeiros, Vice-Presidente da AMATRA XV, por videoconferência, Maurício Bearzotti de Souza, Diretor de Cursos de Curta Duração da ESMAT 15, no ato, representando a Juíza Lady Ane de Paula Santos Della Rocca, Diretora de Direitos Humanos e Cidadania da AMATRA XV, e Marcus Menezes Barberino Mendes, Diretor de Direitos Humanos e Cidadania da ANAMATRA.

Pela ONG “Fast Food da Política”, produtora do jogo, participaram Júlia Carvalho, Lays Morimoto e Thays Esaú.

Após uma breve exposição pela ONG, abordando sua origem, missão, objetivo, ações, pessoas atingidas e outros produtos, o “Trabalho em Jogo” foi analisado, inclusive, com realização de algumas rodadas.

Esse produto permite, de forma lúdica, que os participantes debatam questões relacionadas à Cidadania, ao Direito Constitucional, ao Direito do Trabalho e à Justiça do Trabalho, inclusive, se deparando com situações (fictícias) em que precisam decidir em conjunto se determinada situação comporta providências individuais ou coletivas. No decorrer da partida, os envolvidos recebem noções básicas dos assuntos acima e percebem a importância da Justiça do Trabalho no processamento dos conflitos trabalhistas.

Para o Vice-Presidente da AMATRA XV, Alexandre Alliprandino Medeiros, “O ‘Trabalho em Jogo’ é um material concebido para servir de instrumento do Programa Trabalho, Justiça e Cidadania, da ANAMATRA, desenvolvido regionalmente pela AMATRA XV. É um jogo bastante elaborado para um público de jovens e adultos que tenham condições de discutir com mais propriedade os direitos de cidadania. Em seu desenvolvimento o jogo proporciona discussões muito úteis com vistas àqueles fatores que podem consolidar os direitos de cidadania e àqueles poderiam  enfraquecer tais direitos. A ótica é sempre os direitos relacionados à grande causa do trabalho e do Direito do Trabalho e, certamente, esse jogo servirá – se utilizado nas escolas das redes municipal e estadual de educação – como uma ferramenta pedagógica relevantíssima para uma melhor percepção dos direitos legislados e como eles podem se concretizar no dia a dia.”

Na avaliação do Juiz Marcus Menezes Barberino Mendes, “O jogo permite aos jogadores partilhar suas compreensões sobre direito e justiça do trabalho de modo cooperativo, gerando movimentos de acúmulo de conhecimento para os participantes. Uma ótima ferramenta educacional à disposição dos participantes”.

O produto pode começar a ser utilizado na próxima atividade presencial do TJC, o Encontro para Capacitação de Professores em Campinas, agendado para o dia 29/8/2019, das 9h30 às 12h30.

Confira as fotos na galeria abaixo:

Apresentação do Trabalho em Jogo - 14/06/2019