Membro do Conselho Acadêmico da ESMAT 15 é homenageado pelo Patrulheiros Campinas

Desembargador Fábio Bueno de Aguiar foi escolhido Patrono da 7ª, 8ª e 9ª Turmas da Oficina de Formação Geral para o Mundo do Trabalho.

Na última sexta-feira, 7/5, o Desembargador Fábio Bueno de Aguiar, Membro do Conselho Acadêmico da Escola Associativa dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 15ª Região – ESMAT 15, foi homenageado pela 7ª, 8ª e 9ª Turmas da Oficina de Formação Geral para o Mundo do Trabalho, que o escolheram como Patrono. O evento “Solenidade Patrulheiros para o Mundo Profissional”, realizado virtualmente, foi promovido pelo “Patrulheiros Campinas”, do Centro de Aprendizagem e Mobilização Pela Cidadania – CAMPC.

Segundo o Presidente do CAMPC, Wesley Carlos Pacheco, a metodologia aplicada no “Patrulheiros Campinas” visa propiciar mudanças que permitam às pessoas atendidas atingir seus objetivos, seus projetos de vida. “O ser humano que decide melhorar e evoluir (no âmbito pessoal e profissional) transforma não só a sua vida, mas também a das pessoas a sua volta. Influenciando, assim, a construção de um ciclo positivo e de um mundo melhor”, comentou o Presidente.

Em seu discurso de saudação aos formandos, o Desembargador Fábio Bueno de Aguiar, citou alguns trechos da Bíblia relativos ao trabalho e completou: “o trabalho enobrece o homem, ele é um meio de se alcançar muitas coisas, não só no âmbito material, mas também para se dignificar, para ser valorizado, para se realizar. Aquele cidadão que trabalha simplesmente com o objetivo de ganhar dinheiro é limitado. Ele deixa de pensar o quanto o trabalho pode proporcionar de felicidade, de alegrias, de progresso para toda a comunidade. Não só para seus familiares mais próximos, mas também para todos que estão em seu entorno”.

Na sequência, o Magistrado falou sobre a Constituição de 1988, mencionando alguns dos direitos dos trabalhadores e dos empregadores. Ainda, comentou as mudanças no ambiente de trabalho, as novas tecnologias e a necessidade de desenvolver habilidades técnicas, pessoais, comportamentais e emocionais para se inserir no mercado profissional.

Para encerrar, Fábio Bueno de Aguiar lembrou de sua trajetória como estudante em escolas públicas, passando por sua carreira profissional. “Tenho orgulho da minha história. Desejo a todos um futuro brilhante. Podem ter certeza que, por tudo que estamos vivendo, sairemos melhores e mais fortes. Não percam a fé”.

A Orquestra Sinfônica “Patrulheiros Campinas” realizou várias apresentações durante a atividade, que foi concluída com agradecimentos dos alunos, relatando suas experiências, novos conhecimentos e a convivência com os colegas.

“Patrulheiros Campinas”

O “Patrulheiros Campinas” foi fundado em 1966 pela pedagoga Maria Angélica Barreto Pyles e pelo Juiz Roland Peres. Atualmente é administrado por membros do Rotary Club de Campinas-Sul.

Além de encaminhar, anualmente, cerca de 2.000 jovens ao mercado de trabalho, a entidade também assegura uma rede de proteção social aos adolescentes e jovens que inclui capacitação profissional, acompanhamento psicossocial, escolar e quanto à sua alimentação.

Para saber mais sobre a entidade, clique aqui.